quinta-feira, maio 29, 2008

Rosa sem Espinhos

Para todos tens carinhos,
A ninguém mostras rigor!
Que rosa és tu sem espinhos?
Ai, que não te entendo, flor!
Se a borboleta vaidosa
A desdém te vai beijar,
O mais que lhe fazes, rosa,
É sorrir e é corar.

E quando a sonsa da abelha,
Tão modesta em seu zumbir,
Te diz: “Ó rosa vermelha,
Bem me podes acudir:

Deixa do cálix divino
Uma gota só libar...
Deixa, é néctar peregrino,
Mel que eu não sei fabricar...”

Tu de lástima rendida,
De maldita compaixão,
Tu à súplica atrevida
Sabes tu dizer que não?

Tanta lástima e carinhos,
Tanto dó, nenhum rigor!
És rosa e não tens espinhos!
Ai!, que não te entendo, flor.
(Almeida Garrett)

7 comentários:

Enfim... disse...

muito girooo :D

Beijinhos
Bom fim semana

Maria Manuela disse...

Eu adoro rosas, pricipalmente rosas pretas...

bjo

alfabeta disse...

Rosa, uma flor tão singela, prova de romantismo, parece-me bem, bjs

Å®t Øf £övë disse...

Ana,
Muito bonito este poema que aqui partilhas connosco.
Bjo.

AcidoCloridrix disse...

Espectaculo,,,, e brilhantemente ilustrado,,, definitivamente tu és uma chavla com muito bom gosto,,, parabéns!!!!
Já agora,,,, gostaria de saber a tua opinião sobre,,,, qual é p ti o “Homem Ideal”???? Tudo em,,, http://sexohumorprazer.blogspot.com/ ,,,, beijocas agradecidas!!! HCL

pecado original disse...

As rosas são como as vidas, sem espinhos não fazem realmente sentido.
Beijinho

be disse...

華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,